Como toda criação artística, a primeira coisa que você precisa é de uma vontade muito grande de dizer algo. Enquanto não tiver essa vontade, não há nada a ser feito.

Sendo, supostamente,  a sua primeira peça, vou fundamentar esse artigo na forma tradicional de texto teatral: O Teatro Dramático.

Para tirar melhor proveito desse artigo você deve ler os artigos, curtos e simples: “O Que é Teatro” “O que é uma Peça de Teatro“, “O que é o Espetáculo Teatral” e a bibliografia recomendada.

 

Produza fotos profissionais do seu elenco

 

Escreva sua Ideia

É a origem e a forma imaginada de expressar o que quer dizer.

O vídeo abaixo é do Curso de Redação de Textos Teatrais e vai te ajudar a entender como registrar a sua ideia. O Curso completo , com os 10 módulos e Certificado de Capacitação de Autor teatral você acessa   AQUI.

Sendo leigo nessa arte, você deve criar uma cena curta, de até dez minutos, que conte uma história simples, com poucos personagens e que  envolva apenas temas dos quais você tenha pleno conhecimento.

Não confie na intuição e na memória. Escreva. Esse registro deve ser curto, pois indica apenas uma direção, não é o caminho, ainda. Exemplos:

Comédia.  Mulher sofisticada e arrogante fica presa no elevador com uma outra mulher muito simples e tagarela, seu filho autista e um tarado exibicionista.

 Essa ideia gerou a cena “Pânico no Elevador” que escrevi em 1998 para meus alunos de teatro e hoje está no livro “Cenas Curtas e Ágeis para Atores e Alunos de Teatro” que você poderá ler um pouco  no link abaixo   sem precisar comprar, não vai precisar se inscrever nesse site e nem preencher formulário. É clicar em “Ler Agora” e começar a ler.

 

Tendo o esboço da sua ideia bem claro, redija um resumo da história.

Resumo da História

Ele deve abranger a história toda.

Vou descrever aqui como foi que redigi o resumo da Ideia 1,  do qual criei a peça curta “Pânico no Elevador”.

 

 

Mulher simples e faladeira entra com o filho no elevador onde está uma executiva arrogante. Ela fala e fala sem obter respostas da outra. O filho, muito grande e com grave retardamento mental, ri muito e bate com um chinelo no chão quando se excita ou se assusta. O elevador para e nele entra um homem com capa, sem calças. A mulher simples não nota que se trata de exibicionista. Quando ele abre a capa para a executiva a tensão cresce. Ela grita assustando o menino e alarmando a mulher simples que pensa que ela está doente. O elevador trava e o caos se instala. Quanto mais o tarado se aproxima da executiva, mais ela grita e se debate e mais o menino se afeta. Quanto mais a executiva se debate, mais a mulher simples tenta segurá-la, pedindo ajuda ao filho e ao “bom homem” para evitar que esta se machuque, pois ela concluiu que moça deve ser epilética. Quando a porta se abre, a mulher simples vai buscar ajuda, deixando o homem e o filho “cuidando” da executiva que está amarrada e rendida no chão.

Depois de redigir o resumo, leia-o para alguém. Ouça a opinião do ouvinte. Pergunte se entendeu a história. Redija novamente quantas vezes for necessário e volte a ler para outras pessoas até que a história que quer contar esteja toda ali e esteja bem clara.

Quando ficar satisfeito, inicie a  Estrutura.

Para aprender a redigir a Estrutura leia o artigo “Antes de Escrever os Diálogos“.

Leitura Recomendada

 
 

 

 
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this